Connect with us

Destaques

Agespisa sugere que moradores comprem caixas d’água para que problema de falta seja amenizado

Publicado

em

Nota Agespisa Teresina Clique União

A Agespisa informa que está trabalhando para identificar os motivos da intermitência no abastecimento de alguns bairros de União. A Estação de Tratamento da cidade está funcionando em sua capacidade máxima, com uma produção de 200 mil litros de água por hora, suficiente para atender a demanda. As bombas do sistema também são adequadas para o sistema. Após detectar o problema, a empresa tomará as providências necessárias para regularizar o fornecimento de água.

Ouvidoria da Agespisa – 0800 086 8888.

Atualizada às 13h30

Vila Nova Conquista, Bairro São Pedro, Bairro São Sebastião, Bairro São Judas, Rua 7 (centro), Loteamento Pierote, Conjunto Francisco Narciso, Residencial Santa Helena, Bairro São Francisco, Residencial José Marinho.. Esses são alguns dos bairros e locais cujas reclamações sobre falta de água são constantes. Moradores contaram ao Clique que é comum a água chegar nas torneiras apenas na noite ou madrugada. Quando isso acontece, a população aproveita o momento para encher tambores de água para utilizarem durante o dia

O Clique União foi à Agespisa (Àguas e Esgotos do Piauí S.A) da cidade, hoje (11), para maiores esclarecimentos sobre o problema. Zé Maria, que foi chefe por 8 anos da empresa, em União e, hoje, é administrativo, conversou com nossa repórter e explicou as causas para tanta ausência de água.

A bomba da Estação de Tratamento de Água (ETA), localizada no Bairro São Pedro, retira a água do rio Parnaíba; que é levada para o reservatório no Morro do Apache e, a partir daí, distribuída para a cidade. No entanto, o volume de água que chega ao Morro do Apache, não ocupa nem 1/3 do que a caixa suporta. O problema, então, seria resolvido se a bomba que retira a água do rio fosse maior, pois o reservatório tem plenas condições de receber uma quantidade de água suficiente para toda a cidade.

“Quando a água sai da ETA e chega ao reservatório que fica localizado no Morro do Apache, já está em pouca quantidade. Ao descer na rede, a rede grossa puxa primeiro a água e bairros como São Sebastião e São Judas, como são mais altos, à direita, e Loteamento Pierote e Vila Nova Conquista, mais longes, são os mais prejudicados”, explicou.

Moradores do Bairro São Sebastião armazenam água na madrugada para utilizar durante o dia

A Agespisa de União contou que não têm muito o que fazer para solucionar a questão, tendo em vista que isso é um papel da Sede em Teresina, que ainda não retornaram sobre o caso. Eles contam que inúmeros ofícios já foram enviados à Sede solicitando uma bomba maior.

“Já mandamos várias ofícios para a resolução do problema aos responsáveis em Teresina, solicitando uma bomba maior, pois a vazão do rio é suficiente para a ETA e de lá, para a caixa do Apache, que é grande e suportaria um grande volume de água”.

Para evitar maiores transtornos, funcionários da empresa sugerem que é importante que os moradores comprem caixas d’água para armazenamento para que possam consumir quando as torneiras estiverem secas.

Fotos cedidas por internautas do Clique União

A Agespisa informou, ainda que, amanhã, sexta-feira (12), irá faltar água das 6h às 14h para limpeza da ETA, na cidade de União, tendo a possibilidade de demorar mais que o previsto.

O Clique União procurou a Agespisa em Teresina e segue aguardando resposta de sua assessoria.

 

Reportagem: Sanny Ravanne/Lays Santos

PUBLICIDADE

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Notícias Destaques

Polícia

Mais Acessadas