Connect with us

Destaques

Em entrevista ao Clique, Zé Osmar fala sobre candidatura a prefeito e sua infância em União

Publicado

em

Nesta entrevista exclusiva ao Clique União, o promotor Zé Osmar fala porque decidiu se candidatar pelo PT a prefeito de União. “Agora estou de volta, com o sonho de devolver ao povo de União um pouco do bem que esse mesmo povo me deu, quando me proporcionou estudar e me tornar o homem que sou”. Ele lamenta que, infelizmente, a maioria dos jovens ainda precisa sair do município em busca da sobrevivência e que essa realidade precisa mudar. Confira a entrevista:

Clique União – Onde o senhor nasceu e como foi sua vida antes de se tornar Promotor de Justiça?

Zé Osmar – Eu nasci no interior de União, num lugar chamado Lagoa do Barro, bem no limite do Município de União com Lagoa Alegre. Sou filho de trabalhador rural. Fui lavrador, já fiz carvão, fiz tijolos ali no Raiz, já cortei cana lá em Coelho Neto, trabalhei como operário numa fábrica de papel, já fui pequeno comerciante e estudei em escola pública. Com 14 anos eu vim para União estudar. Aqui, eu fiz o ensino fundamental (antigo primeiro grau) e em seguida fui para Teresina, fazer o ensino médio (segundo grau). Em 1985 ingressei no curso de Direito da Universidade Federal do Piauí. De 1989 a 1991 eu fui advogado do Sindicado de Trabalhadores Rurais de União. Em julho de 1991 assumi o cargo de Promotor de Justiça no Estado do Maranhão.

Clique União – Porque teve que sair de União?

Zé Osmar – Se dependesse da minha vontade eu nunca tinha saído de minha cidade. Mas as oportunidades de trabalho em União são muito limitadas, então, a maioria dos nossos jovens precisa sair daqui em busca da sobrevivência. Foi exatamente isto que aconteceu comigo. Agora tenho a oportunidade de devolver ao povo de União um pouco do bem que esse mesmo povo me deu, quando me proporcionou estudar e me tornar o homem que sou.

Clique União – Qual a importância dos estudos na sua vida?

Zé Osmar – Depois de Deus e da família, a educação é tudo na vida do ser humano. Sem o estudo eu, seguramente, seria um trabalhador rural, sem desmerecê-los, pois assim foram os meus avós e os meus pais. A educação fez toda a diferença em minha vida. Por isso eu sou um apaixonado pelos estudos, um entusiasta pela educação das nossas crianças.

Clique União – O que faz um promotor de justiça?

Zé Osmar – Quando eu ainda estudava aqui em União, um professor nos levou ao Fórum para assistir ao julgamento de um homem acusado de assassinato. O ambiente daquele júri me fascinou: de um lado, a advogado de defesa tentando provar que o homem agira em legítima defesa; do outro, o promotor de justiça falando em nome da sociedade, assegurando que se tratava de um homicídio doloso. O homem foi condenado. Naquele dia eu desejei estudar Direito. Na Universidade, descobri que, quando processam um criminoso, os promotores na verdade defendem a sociedade, agredida pelo crime. Isso me fascinou. Então, eu decidi ser promotor de justiça. Resumindo: os promotores de justiça representam o povo perante a Justiça, seja no combate ao crime, na defesa do meio ambiente, da infância e juventude, enfim, o promotor de justiça é o advogado da sociedade.

Clique União – Que experiência o senhor possui como administrador público?

Zé Osmar – Eu fui Diretor Geral do Instituto de Terras do Piauí – INTERPI. Enquanto diretor, resolvi vários problemas de posse de terras em União. Foi quando pude constatar que é possível sim o administrador fazer as obras e serviços públicos com os recursos de que dispõe, desde que use tais recursos com competência e seriedade.

Clique União – Porque decidiu se candidatar a prefeito de União?

Zé Osmar – Depois de ter recebido tanto do povo de União, eu compreendi que já era tempo de retribuir um pouco do que recebi; colocar um pouco do meu tempo e da minha experiência na administração da Prefeitura.

Clique União – Sendo eleito, quais serão suas principais prioridades?

Zé Osmar – Saúde, educação, estradas, águas para as comunidades rurais e a melhoria da energia elétrica, e a geração de emprego e renda, especialmente pelo incremento da agricultura e da pecuária. Levarei mais oportunidades, das quais não tive em União, para os nosso jovens, para o nosso povo.

 

Facebook

Notícias Destaques

Polícia

Mais Acessadas