Connect with us

Destaques

Civil prende homem que usava nome da Polícia para realizar crimes

O suspeito estava afastado da Delegacia onde prestava serviços como Agente Administrativo de uma empresa terceirizada

Publicado

em

Na manhã desta terça-feira, 16, o suspeito participou de uma Audiência de Custódia, no Fórum de União, e recebeu o direito de responder o processo em liberdade.

Atualizada em 16.04.2019 às 12:16

A Polícia Civil de União prendeu nesta segunda-feira,15, o agente administrativo Elionilson Gomes, suspeito de enganar pessoas, ao se passar por corretor de imóveis. O homem já prestou serviços na Delegacia de União como Agente Administrativo, através de uma empresa terceirizada, mas estava afastado há pelo menos 3 meses, suspeito de extorquir dinheiro de pessoas que tinham assuntos a serem resolvidos na delegacia.

Segundo a Polícia Civil de União, ele cobrava uma entrada e falava que a vítima passaria mais vinte anos pagando uma pequena taxa para ter o imóvel pela Caixa, mas de acordo com a Polícia Civil, o suspeito não tinha permissão para realizar negócios em nome da Caixa; além disso, os recibos eram falsos e ele usava o fato de já ter prestado serviços para a Polícia para ganhar confiança dos clientes.

O suspeito já foi candidato a vereador no município, mas não conseguiu êxito. Atualmente, estava afastado da Delegacia de União por estar cobrando serviços que são gratuitos.

Uma vítima contou ao Clique União que, em 2018, precisou resolver um caso que envolvia pagamento de prejuízos. A vítima disse que, o então servidor, recebeu o dinheiro mas não repassou para ela.  “Uns cachorros mataram meus animais, fomos na Delegacia e ficou acertado do dono dos cachorros pagar meu prejuízo. Ele pagou na delegacia e esse dinheiro não chegava na minha mão. Até que a gente conversando, a pessoa dizendo que já tinha pago, descobrimos que Elionilson estava com o dinheiro e não tinha me repassado, foi ai que tudo se resolveu e recebi meu dinheiro. O Delegado nem sabia que isso estava acontecendo”, disse uma das vítimas.

De acordo com a Policia Civil de União, entre o material apreendido com o homem estava dinheiro, recibos de pagamentos em nome da Caixa e uma carteira falsa da Polícia Civil.

PUBLICIDADE

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Notícias Destaques

Polícia

Mais Acessadas