Connect with us

Covid-19

Primeira paciente notificada com coronavírus em União recebe alta médica

Publicado

em

A primeira paciente testada como positivo ao novo coronavírus, a Covid-19, em União, recebeu alta médica nesta quinta-feira (30), após 16 dias em isolamento e realizar o reteste.

Agora, em União, além do relato de um paciente que teve resultado negativo no reteste, temos também a primeira alta médica de um dos confirmados. Depois que é confirmado o teste positivo, o paciente pode evoluir apenas para Curado ou Óbito. Ainda não tivemos casos de óbitos no município.

No entanto, tratam-se de dois casos divergentes. Entenda!

Em 18 de abril, noticiamos que uma mulher era o primeiro caso positivo da Covid-19, no município de União. A vítima disse que fez um teste de swab no Hospital Municipal e o resultado constou como positivo. Após isso, foi isolada em sua residência, já que seu estado de saúde era estável, onde permaneceu em observação feita por profissionais da saúde. A recomendação são 14 dias em isolamento até a realização do segundo teste (o reteste); desta vez, feito a partir de uma amostra de sangue. Depois do segundo resultado, ela foi liberada pela médica responsável.

Já no caso do técnico em radiologia, Adão Santos, o procedimento ocorreu de forma diferente. Ele realizou um primeiro teste no hospital onde trabalha na Capital Teresina, o Hospital Getúlio Vargas. Segundo Adão, os funcionários do HGV passam por testes rotineiramente, mas o teste realizado pelo hospital, o rápido (feito a partir da amostra de sangue), precisa de outro exame realizado pelo Laboratório Central, LACEN para ser devidamente comprovado.

Para o teste de sangue realizado no dia 24 de abril, no HGV, o resultado foi positivo para o Coronavírus. A outra amostra de material de Adão foi enviada para o LACEN; após avaliada, o resultado definitivo apenas foi liberado na segunda-feira, dia 27; no entanto, com testagem negativa, diferente do que constou no primeiro.

É importante ressaltar que, segundo uma nota técnica que consta no próprio laudo do exame, o vírus pode não ser detectado em exames realizados após 7 dias da contaminação. Mesmo sendo diagnosticado negativo pelo segundo exame, Adão segue em isolamento até completar 14 dias da data da realização dos exames e continua incluso na contagem dos 8 casos confirmados de Covid-19, no município de União, segundo o último boletim expedido nesta quinta (30). Quando este período de isolamento for cumprido, outro exame será feito para comprovação do resultado negativo para o técnico em radiologia.

 

Por já ter sido testado positivo, seu nome não sai da lista. “Uma vez tendo sido confirmado, não pode ser excluído. Então permanece lá. Apenas podendo evoluir para Curado ou Óbito. Mas permanece notificado e confirmado”, explicou uma profissional da Secretaria de Saúde do Município de União. O mesmo acontece com os pacientes que recebem a alta.

De acordo com o último boletim da Secretaria lançado hoje (30/04), União está com 8 casos confirmados, 15 suspeitos, 66 descartados, dentre 89 notificados.

Saiba como é realizada a Coleta de Swab! 

O teste é realizado a partir de uma amostra de secreções da nasofaringe ou orofaringe – ou seja, material obtido da mucosa do fundo do nariz ou da garganta com uso de uma haste flexível (swab).

Trata-se de um teste de biologia molecular que já vem sendo usado em laboratórios desde 1983 para diagnosticar outros vírus e em diversas áreas de pesquisa. No caso atual, ele detecta um fragmento do genoma do novo coronavírus.

Considerado o teste padrão para a Covid-19 no país e no mundo, o ensaio molecular dificilmente apresenta falsos negativos. “Consideramos o nível de sensibilidade de nosso teste extremamente eficaz. Ele pode detectar a infecção em mínimas quantidades de material genético do vírus, mesmo quando a carga viral do paciente é baixa”, declara Antonio Gomes Ferreira, gerente do Programa de Desenvolvimento Tecnológico de Reativos de Bio-Manguinhos. Segundo ele, os ensaios moleculares com base na tecnologia RT-PCR conseguem diagnosticar a infecção viral desde o primeiro dia do surgimento dos sintomas. O exame é efetivo, ainda, em pessoas assintomáticas.

Em União, a Secretaria informou que há uma técnica de laboratório treinada e disponível 24 horas, caso necessite. O hospital dispõe de material para coleta de swab disponibilizado pelo LACEN. Quando feito o exame, são encaminhadas duas amostras para o mesmo Laboratório Central de Saúde Pública do Estado do Piauí, que enviam os resultados, após análise, aos municípios vigentes.

 

 

Facebook

Notícias Destaques

Polícia

Mais Acessadas