Connect with us

Covid-19

Coronavírus em União além dos números

Publicado

em

O Município de União alcançou o número de 111 casos de COVID-19, de acordo com o Boletim Epidemiológico municipal desta quinta-feira, 04 de junho. Os números subiram rápido desde o primeiro caso confirmado no dia 18 de abril até o primeiro óbito, de um senhor de 80 anos, registrado nesta quinta-feira.

Dentre as mais de cem pessoas que conseguiram realizar o teste da COVID-19  e tiveram  o resultado Positivo, 64 já conseguiram se recuperar. O número de contaminados pelo Novo Coronavírus sobe rapidamente colocando União entre os municípios do estado com o maior numero de infectados.

Entre familiares e nas redes sociais, unionenses relatam dificuldades em realizar o teste e muitas vezes a pessoa, mesmo com os sintomas, não consegue realizar o exame ou quando realiza já tem passado o período recomendado pelas autoridades de 07 dias após o aparecimento dos sintomas, o que pode comprometer o resultado.

O município tem parte do comércio fechado, mas muitas pessoas estão nas ruas. A Polícia Militar, também, é parte da linha de frente no combate ao Coronavírus e, segundo o Capitão Miguel Luz, falta mais consciência da população. “A Polícia Militar tem dado apoio à  Vigilância Sanitária do município. As  dificuldades e a falta de compreensão das pessoas no tocante às medidas protetivas contra o Coronavírus”, comenta o comandante da PM em União.

Profissionais de saúde relatam dificuldades em realizar o trabalho por falta de estrutura e proteção individual. A cidade de União recebe pessoas por vias terrestres e pelo Rio Parnaíba que limita com o Estado do Maranhão. Ao contrário de outros municípios piauienses, como os vizinhos Lagoa Alegre e Miguel Alves, União não realizou barreiras sanitárias.

Quem testa positivo, com sintomas leves, recebe tratamento de acordo com os sintomas apresentados pelo paciente, geralmente,  a base de corticóide, antibióticos e analgésicos. O Clique União recebeu relatos de familiares de pessoas que testaram positivos, e mesmo convivendo com o doente e apresentando sintomas, não foram testadas nem receberam medicamentos.

Continua depois da publicidade

De acordo com a Associação dos Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias de União, até a quinta-feira, 04 de junho, dois agentes de saúde e  um agente de  endemias já tinham testado positivo para a COVID-19 e mais doze agentes de saúde estão em isolamento, aguardando fazer o teste, já que tiveram contato com caso positivo. Segundo a Associação, o município tem condições financeiras de enfrentar a crise sanitária.

“A gestão tem recebido recursos suficientes (R$ 801.325,62) para enfrentamento ao COVID-19. Mas, infelizmente, a gestão municipal não tem feito seu dever de casa e tem deixado muito a desejar, no que se refere a ações concretas e que tenham resultados satisfatórios. Por exemplo, não existem barreiras sanitárias nas entradas e saídas da cidade, não tem um controle da entrada de pessoas vindas de outros estados, os profissionais de saúde não têm condições adequadas de trabalho, faltam equipamentos de proteção individual (EPI´s) com qualidade técnica exigida pela OMS. Uma das poucas ações realizadas e que são vistas pela população unionense é a efetiva participação dos ACS e ACE no trabalho nas tendas, na distribuição de máscaras e álcool gel, em pontos estratégicos e de grande circulação de pessoas”, relata Cláudio Santos, Presidente da Associação dos Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias de União.

Já a Prefeitura de União informou que vem desenvolvendo um plano de combate e enfrentamento ao Novo Coronavírus através de atividades e ações realizadas pelas Secretarias Municipais de Saúde, Ação Social e Cidadania e Educação, com apoio também das equipes de Vigilância Sanitária e Polícia Militar. Disse ainda, que as equipes de Saúde seguem realizando o acompanhamento e o monitoramento dos casos registrados no município e listou as seguintes medidas:

Pagamento do adicional da insalubridade, em teto máximo (40%), para profissionais da Saúde;

– Abertura do Centro de Testagem para Covid-19 com a realização de exames de testagem que são realizados mediante solicitação médica;

– Convocação de novos profissionais da Saúde (médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e zeladores) via teste seletivo;

– Garantia do transporte para Servidores da Saúde, com objetivo de garantir o expediente normal e a prestação de serviços durante a Pandemia;

– Estruturação de ações nos bairros com maior incidência de Coronavírus do município, com reforço no atendimento;

– Disponibilização de atendimento psicológico por telefone e implantação do TeleCovid-19 para orientações e esclarecimento de dúvidas sobre os sintomas e formas de buscar os serviços de Saúde;

– Disponibilização do serviço de TeleGestante;

– Aquisição de EPIs para profissionais de Saúde;

– Distribuição de máscaras e álcool em gel nos locais de grande aglomeração de pessoas, como bancos e lotéricas;

– Instalação de tendas e demarcação do distanciamento necessário em frente à Caixa Econômica e Loteria;

– Instalação de um setor no HMU destinado somente para tratar síndromes respiratórias (COVID-19);

– Distribuição de cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade;

– Distribuição dos kits de merenda escolar para famílias de alunos vulneráveis;

Desinfecção de locais públicos onde a movimentação de pessoas é grande e descontaminação de vias públicas de grande circulação, escolas, batalhão da PM, escolas, postos de saúde, prefeitura, secretaria de saúde, hospital;

– Intensificação da fiscalização por parte das equipes de vigilância sanitária com apoio da Polícia Militar;

– Atendimento presencial na zona urbana e rural para acesso à plataforma de auxílio emergencial;

Facebook

Notícias Destaques

Polícia

Mais Acessadas