Connect with us

Destaques

Dois Policiais do Maranhão, presos em Operação Balaiada, mataram em União e sumiram com o processo

Publicado

em

Dois dos cinco policiais militares presos em operação no município de Caxias, no Maranhão, contra grupos de milicianos, praticaram um assassinato na cidade de União, e sumiram com o processo.

Segundo informações do Portal AZ, os autos do inquérito policial instaurado e concluído pela Delegacia de Polícia Civil de União, que constataram como indicado pela prática de homicídio, o sargento da PM Enedino Silva, da PM do Maranhão, simplesmente desapareceram do Fórum de Justiça de União.

O crime aconteceu em 2015, e a vítima foi Adeílson de Sousa Santos. Em dezembro de 2018, o juiz de União, Roberth Rogério Marinho Arouche, determinou restauração dos autos. O sargento Enedino Silva encontra-se preso no comando geral da PM-MA desde 30 de abril do ano passado.

Ele e mais quatro militares na cidade de Caxias, foram presos durante a operação Balaiada da Polícia Civil maranhense, que desbaratou o grupo miliciano suspeito de mortes e extorsões em cidades do Estado do MA.

Quanto ao homicídio ocorrido em União, Enedino estava acompanhado do também sargento da PM do Maranhão, Raimundo Nonato Lima Chaves, conhecido por Nonatão, igualmente preso na Operação em questão.

A Operação Balaiada

A operação realizada pela Polícia Civil, em abril deste ano, nos municípios de Caxias e Aldeias Altas, prendeu sete pessoas suspeitas de envolvimento em homicídios e extorsões. Deste total, cinco pessoas eram policiais militares da região.

Foram presos temporiariamente os policiais Sérgio Adriano Gomes Nunes, Raimundo Nonato Lima Chaves, Enedito Silva, Evandro Oliveira dos Santos e Walmara Mourão Carvalho. Além deles, foram capturados na operação Cícero da Silva e Antônio Simão dos Santos.

As investigações estavam sendo realizadas há mais de um ano pela Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) e 14 inquéritos de homicídios foram abertos. As primeiras denúncias apontaram que policiais militares estavam organizados em milícias para praticar crimes na região.

A ‘Operação Balaiada’ mobilizou cerca de 80 policiais civis que se concentraram na 17ª Delegacia Regional de Caxias. Os mandados de prisão foram expedidos pela 1ª Vara da Comarca de São Luís responsável por processos que envolvem organizações criminosas.

Fonte: Portal AZ e G1

Edição: Redação Clique União

Facebook

Notícias Destaques

Polícia

Mais Acessadas