Connect with us

Destaques

Feirante fica presa durante quatro horas no Mercado Público de União

A senhora Maria dos Remédios Ribeiro, feirante no Mercado Público de União, ficou presa durante cerca de quatro horas no local de trabalho na tarde desta sexta-feira,14, na parte que funciona na antiga Praça de Eventos. Segundo ela, um outro feirante estava com a chave do portão do local na ausência do vigia. A mulher registrou Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia Civil de União.

Segundo Maria dos Remédios, ela chegou de Teresina por volta das 13h com mercadoria comprada na Capital e aproveitou para atender a um cliente enquanto organizava as compras em sua banca. O outro feirante, que estava com a chave do portão, teria trancado o local e lhe agredido com palavrões. “Eu nem imaginava que ele estava com a chave ‘neh!’. Ai ele já ficou bem aqui e trancou. Eu disse assim: tu vai trancar o portão Josimar, tu não está vendo eu aqui?! Ele disse, pois tu vai ficar bem ai presa, vai ficar como vigia”, relatou a feirante citando os palavrões que o homem teria dito.

A mulher disse que foi liberada por volta das 17h, quando uma amiga conseguiu contato com um representante da Prefeitura e este enviou um vigilante para abrir o Mercado.

O Clique União não conseguiu contato com o feirante citado pela mulher. Sobre o caso, a  Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de União, responsável pelo Mercado, disse que tinha um outro portão aberto, mas que dona Maria dos Remédios se recusou a sair pelo local. Informou, ainda, que a feirante não vem respeitando as normas internas do Mercado, que não é a primeira vez que ela se envolve em confusão e que medidas serão tomadas.

Sobre o fato de um feirante ficar com a chave do local, invés de um vigilante responsável, a Secretaria não se posicionou.

 

PUBLICIDADE

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Destaques

Facebook

Polícia

Mais Acessadas