Connect with us

Destaques

Homem diz que foi agredido injustamente durante abordagem policial

A Polícia Militar nega as agressões e conta outra versão.

Publicado

em

Circula nas redes sociais, um vídeo onde um familiar de homem abordado pela Polícia Militar de União acusa os policiais de terem lhe agredido injustamente.

Uma parente da vítima relatou o caso ao Clique União. ” Ele vinha de uma pescaria na barragem filinto Rêgo de bicicleta quando o pneu furou. Os amigos vieram na frente e ele veio a pé empurrando a bicicleta. Ele veio pelo bairro São Judas, deixou a bicicleta na casa do primo de sua mãe e veio sentido sua casa a pé quando se deparou com a guarnição da Polícia Militar. A polícia pegou ele é nem perguntou nada já foi logo espancado o rapaz. Depois que eles bateu muito nele colocaram na a viatura e levaram até a sua casa na Vila Nova Conquista. Quando a mãe abriu a porta já era a polícia com o filho dela pedindo os documentos do mesmo, ele já tava todo machucado. Levaram ele pra delegacia fizeram a busca pra saber se ele tinha passagem pela Polícia. Como ele não tem nenhuma passagem, liberou ele é ainda falou pra sua mãe dele apanhou de graça”, disse uma parente do homem. Ela falou, ainda, que o caso já foi levado para o Ministério Público.

A Polícia Militar nega as agressões e conta outra versão. O Sargento responsável pela guarnição que fez a abordagem disse ao Clique União que o homem fugiu da Polícia e que não houve agressões. “Estávamos fazendo a patrulha por volta das 23hs quando vimos a pessoa caminhando. Quando ela avistou a viatura correu. Ele disse pra gente que correu porque estava com uma faca. Voltamos ao local procurando essa faca e não achamos. Ele não andava com nenhum instrumento de pesca, disse que era natural de Açailândia e não tava com nenhum documento”, disse o Sargento.

O Policial disse ainda, que, na Delegacia, a mãe do homem falou que ele sofre de coluna. “Quando a gente faz uma abordagem em alguém, a gente deixa a pessoa numa posição que dificulte uma reação. Em momento algum ele nos avisou que tinha problema de coluna”.

O Comando da PM em União disse que um exame de Corpo e Delito vai confirmar se realmente ele foi espancado.

A Polícia Militar do Piauí, através da Assessoria de Comunicação, disse que vai aguardar ser formalizada a denúncia na Corregedoria.

Facebook

Notícias Destaques

Polícia

Mais Acessadas