Connect with us

Miguel Alves

Mulher é internada após ser espancada durante vários minutos em Miguel Alves

Uma mulher identificada como Frankilene Gomes da Silva foi internada em estado grave no Hospital de Urgência de Teresina (HUT), após ter sido espancada com socos e pauladas nesse domingo (7), na cidade de Miguel Alves, 110 km de Teresina. Segundo a polícia, os suspeitos das agressões são familiares da vítima.

As imagens são fortes,  por isso o Clique União optou por não publicá-las. Nelas, uma mulher aparece sentada em cima da outra lhe batendo com a mão; puxa os cabelos, arrasta pelo chão e depois começa a bater com um cabo de vassoura, enquanto a vítima implora para que a agressora pare. Um homem chega a pisar no joelho da mulher agredida.

Todas as agressões são filmadas por várias pessoas no local, inclusive crianças, e ninguém faz nada para impedir.

Em outro vídeo, já na rua, as duas mulheres rolam pelo chão enquanto uma adolescente e duas crianças participam das agressões com pedaços de pau.

De acordo com o sargento Adalberto, do 16º Batalhão da Polícia Militar, mais de 30 pessoas presenciaram o espancamento. As agressões, segundo ele, partiram de jovens e adolescentes.

“Por volta das 17h recebemos a ligação sobre essa agressão. Quando chegamos ao local encontramos a mulher agonizando, mas com vida. Ligamos para o Samu, mas ninguém atendeu, então mandamos um popular ir no hospital para pedir a ambulância”, informou.

Ao g1, o sargento informou que populares gravaram o espancamento contra a jovem e a partir do vídeo foi possível identificar os agressores.

“Foram identificados todos eles e o delegado está tomando as providências. Ainda não sabemos a motivação”, disse.

 

Notícias Destaques

Facebook

Polícia

Mais Acessadas