Connect with us

Destaques

União tem a primeira mulher Mestra em Comunicação

Publicado

em

Por Hosana Vieira

Sanny Ravanne da Cunha Rêgo, 27, se tornou a primeira jornalista mulher unionense Mestra em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Piauí (UFPI).

Nesta segunda-feira, 10, Sanny Ravanne defendeu sua dissertação com o tema “O forró vaquejada ostentação na construção de perfis identitários do vaqueiro”, no Centro de Ciências da Educação da UFPI, onde foi aprovada e tornou-se Mestra em Comunicação Social pela banca formada pelos professores Thiago Meneses Alves, Monalisa Pontes Xavier e Gustavo Fortes Said .

A pesquisa abordou o tema de vaquejada ostentação e os novos perfis do vaqueiro neste gênero, através de uma análise das músicas e da imagem dos cantores nordestinos Mano Walter e Junior Vianna. O vaqueiro sendo exibido como um sujeito de luxo, rico, diferente do tradicional e simples.

Agora, Mestra em Comunicação Social, Sanny teve sua primeira formação em Jornalismo e Relações Públicas, pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI), em 2017.

No mestrado, Sanny Ravanne conseguiu uma bolsa de estudos na UFPI e, infelizmente, perdeu a gratificação devido a problemas pessoais enfrentados na época, mesmo assim não desistiu do sonho e continuou batalhando para torná- lo realidade.

Sanny Ravanne, atuando como jornalista, já teve passagem pelo Portal O Dia em Teresina, na assessoria de comunicação na Secretaria de Assistência Social do Piauí (SASC), Banco Bradesco e é uma das fundadoras do Portal Clique União.

“Hoje, completo um ciclo da minha vida que durante muito tempo eu almejei. E estou apenas começando. Espero ter ânimo e força para chegar bem mais longe e poder levar o nome da minha cidade por onde eu for. Estou imensamente grata a todos que me ajudaram e, com humildade pretendo seguir em frente: estudando e me dedicando para ser cada dia melhor e crescer na minha profissão”, agradeceu Sanny.

Fotos: Luiz Carlos Jr

Facebook

Notícias Destaques

Polícia

Mais Acessadas