Connect with us

Esportes

Unionense Adriana conquista o segundo título brasileiro com o Corinthians

O Corinthians mais uma vez é campeão brasileiro de futebol feminino. Após empate sem gols no jogo de ida, o Alvinegro fez valer o mando de campo e venceu o Avaí/Kindermann por 4 a 2, na Neo Químina Arena, na noite de hoje. Foi o segundo título do clube na competição — 2018 e 2020, os dois com a presença da jogadora unionense Adriana Leal.

Disputando a quarta final consecutiva do Brasileirão feminino, o Corinthians confirmou o favoritismo. Vice no ano passado ao ser superada pela Ferroviária, a equipe contou com gols de Gabi Nunes, Gabi Zanotti (duas vezes) e Vic Albuquerque para garantir a taça na noite de hoje. Zoio e Lelê descontaram para as visitantes.

Com a conquista, o Corinthians iguala a Ferroviária como maior vencedor da competição — dois títulos cada. O Kindermann, por outro lado, vê mais uma vez a possibilidade do título inédito escapar. O time de Santa Catarina já havia sido vice em 2014.

CORINTHIANS – jogaram a final em 2020: Lelê; Katiuscia, Érika (Pardal), Poliana e Tamires (Gabi Portilho); Ingryd ( substituída por Vic Albuquerque), Gabi Zanotti, Diany (substituída por Grazielle) e Giovanna Crivelari (substituída por Yasmin); Adriana e Gabi Nunes. Técnico: Arthur Elias.

Adriana participou dos dois títulos brasileiros do Timão. Em 2018, jogou 19 partidas e marcou 14 gols. Em 2019 a unionense sofreu com lesões e jogou apenas 7 partidas e marcou 3 gols e o Corinthians ficou com o vice-campeonato. Já em 2020, Adriana esteve em 19 partidas pelo clube paulista, marcou 06 gols e o time conquistou o bicampeonato.

Imagem de destaque: LEONARDO SGUACABIA/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Notícias Destaques

Facebook

Polícia

Mais Acessadas