Connect with us

Miguel Alves

Suspeita de arrancar genitais de homem com os dentes é indiciada por lesão corporal

Publicado

em

A Polícia Civil concluiu o inquérito do caso do homem que teve os órgãos genitais arrancados e indiciou a mulher suspeita de cometer o crime na cidade de Miguel Alves, no Piauí.

De acordo com o Francírio Queiroz, titular da delegacia de União, a mulher foi indiciada por lesão corporal.

Ainda de acordo com o delegado, a versão dada pela mulher, de que teria cometido a agressão para se defender de um estupro, não foi comprovada e foi excluída do inquérito policial.

A denúncia foi encaminhada para o Poder Judiciário e a mulher vai responder ao processo em liberdade.

Entenda o caso

A mulher começou a ser procurada suspeita de arrancar os órgãos genitais de um homem na cidade de Miguel Alves, no Piauí, no dia 5 de setembro. O crime aconteceu na casa do homem, durante a madrugada. Segundo a Polícia Militar, a suspeita mora na casa ao lado da casa da vítima.

Ainda de acordo com a PM, o homem foi levado para o Hospital Estadual de União e recebeu alta no mesmo dia.

Polícia investigou se mulher agrediu o homem para fugir de estupro

A Polícia Civil iniciou uma investigação para apurar a versão dada pela suspeita de arrancar os órgãos genitais de um homem após um vídeo e áudios divulgados pela própria mulher viralizarem nas redes sociais.

Por G1 PI

Assista ao vídeo com a versão dos envolvidos e inscreva-se no canal do Clique União no YouTube!

Facebook

Notícias Destaques

Polícia

Mais Acessadas