Connect with us

Miguel Alves

Bandidos explodem Banco em Miguel Alves e fogem com grupo de reféns

Publicado

em

Na madrugada deste domingo,04 de outubro, bandidos explodiram a agência do Banco do Brasil de Miguel Alves e fugiram levando dinheiro e um grupo de pessoas como refém. Na fuga, dois veículos foram incendiados na zona rural de União.

 

De acordo com o Sargento Adalberto, da Polícia Militar de Miguel Alves, por volta das 3h da manhã o alarme do Banco disparou, a polícia foi verificar e ouviram o barulho de tiros de arma de grosso calibre, então,  pediram logo reforço de Teresina e União. “O Banco lá dentro não presta mais para nada. Eles estouraram o banco, onde fica o cofre central, em seguida pegaram cinco reféns que estavam bebendo em um bar há uns 500 metros do banco e levaram. Saíram atirando na Avenida São Miguel, que dá acesso a saída para União, e 1 km depois soltaram os reféns, sem ferimentos”, relata o sargento.

Ainda segundo a PM de Miguel Alves, dentro da agência ficaram bombas sem detonar e aguardam os profissionais antibomba para fazer o desarme. Segundo relato dos reféns para a Polícia, os bandidos levaram dois sacos de dinheiro.

“Foi um terror. Eles passaram uns 50 minutos atirando pra cima”, relata uma pessoa que mora próximo a agencia bancária alvo dos bandidos.

O Clique União apurou que na madrugada deste domingo, dois veículos passaram numa estrada vicinal, de difícil acesso, pelas localidades Riacho Fundo e São Romão e um deles foi incendiado na localidade Estrela, na zona rural de União.

A Polícia recebeu informações que um carro foi incendiado na localidade Baixa Grande, já no munícipio de União. Porém, a informação não foi confirmada.

O Clique União recebeu imagens de um veiculo incendiado em uma estrada vicinal, próxima a PI 111, que liga União a Lagoa Alegre (Vídeo abaixo).

Câmeras e populares registraram algumas cenas do momento. Confira!

Área interna da Agencia BB de Miguel Alves ficou destruída. (Foto: Divulgação PM)

Facebook

Notícias Destaques

Polícia

Mais Acessadas